O Marketing de Afiliados é um formato de marketing que tem feito muito sucesso nos últimos tempos. O seu objetivo é ampliar as formas e canais de comunicação que consigam chamar a atenção do consumidor.

E se você, como muitos, nunca ouviu falar sobre Marketing de Afiliados, saiba que esta é uma maneira ótimas de trabalhar e ganhar na internet. Continue lendo a seguir para entender do que se trata e quais são seus benefícios.

O que é Marketing de Afiliados?

Marketing de Afiliados é uma relação comercial onde alguém divulga um Link de afiliado, ou seja, o produto de terceiros, onde em troca recebe uma comissão por cada venda realizada.

Esse modelo de publicidade se tornou uma alternativa super interessante para pessoas que desejam trabalhar com vendas na internet e sem sair de casa.

Como funciona o marketing de afiliados

Afiliados conseguem lucrar através de seus sites, blogs e redes sociais, por meio da venda de produtos de terceiros, sem precisar de uma grande ideia ou o trabalho de criar um produto.

Através disso os produtores ganham variados canais de distribuição, conseguem impactar mais clientes e, consequentemente, realizar mais vendas.

E é uma vantagem inclusive para os clientes, pois eles passam a ter mais canais para pesquisar sobre produtos e tomar decisões assertivas na hora da compra.

Tipos de divulgação para afiliados

Existem vários formatos para programas de afiliados e vai da escolha de cada um decidir qual deles é o ideal para o seu produto e para os seus objetivos de negócio.

Apesar de serem similares, o marketing de afiliados voltado para a geração de leads é diferente do que é focado em conversão, embora os dois visem o retorno financeiro.  Entenda cada um dos diferentes Programas de Afiliados:

 

Custo por Clique (CPC)

Neste caso, o afiliado recebe por clique, ou seja, ele ganha toda vez que alguém clicar no banner ou qualquer publicidade que estiver em exibição no seu blog, site ou redes sociais.

Dessa forma, a remuneração dependerá diretamente do desempenho da campanha do anunciante.

Custo por Ação (CPA)

No custo por ação, o afiliado só é remunerado se os usuários clicarem na publicidade e realizarem alguma ação na página de destino do anúncio, que pode ser realizando um cadastro ou solicitando um orçamento e fazendo uma compra.

Assim, não basta apenas veicular a publicidade, é necessário utilizar a influência para transmitir o produto e convencer as pessoas de que aquela oferta é realmente confiável.

Custo por Mil Impressões (CPM)

Neste formato, o anunciante paga um valor fixo para o afiliado quando o banner publicitário alcança mil visualizações. Vale a pena ressaltar que o número de impressões equivale à quantidade de pageviews do blog, partindo do ponto de que quem navega em uma página já está sendo impactado pela publicidade presente na mesma.

O CPM é interessante para quem possui muitos acessos, pois será remunerado de maneira recorrente, independentemente do número de pessoas que clicarem no banner.

Custo por Venda (CPV)

Neste caso, o afiliado só recebe a comissão quando o link compartilhado por ele gera vendas e é a melhor opção para pequenos produtores.

E se você pretende se tornar afiliado, mas tem receio de ser lesado de alguma forma, não precisa se preocupar com isso.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *